Colecções
Versão para impressão Enviar por E-mail



 

Sala de Leitura de Reservados


Horário

2.ª a 6.ª Feira, das 09h30 às 17h30

Requisições de leitura até às 17h00

Sábados - Encerrada

 

Serviços complementares

Fotocópia de obras de referência e digitalização de obras da coleção, a pedido

 

Contactos

Tel. 217 982 147

 

Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

Reservados - Impressos

Reservados (prefixo de cota RES.)

 

Coleção geral dos impressos raros, valiosos ou por alguma forma particularmente relevantes, posteriores a 1500, de que se destacam os acervos de tipografia portuguesa (ca. 1000 títulos) e espanhola (ca. 2000 títulos) do século XVI, a Erasmiana (335 obras de Erasmo como autor, editor, tradutor e anotador), a Plantiniana (292 obras impressas por Christophe Plantin em Antuérpia e Leiden, entre 1555 e 1589) e as edições Aldinas (257 obras do impressor Aldo Manuzio e seus sucessores, impressas entre 1495 e 1594). Maioritariamente constituída por livro antigo (anterior, no caso português, a cerca de 1820), esta colecção, composta por cerca de 21000 exemplares, contém também obras contemporâneas (sécs. XIX-XXI) de particular raridade ou relevância tipográfica.


♦  Catálogo dos impressos de tipografia portuguesa do século XVI : a coleção da Biblioteca Nacional. Introd., org. e índices por Maria Alzira Proença Simões. Lisboa: BN, 1990.
♦  Edições Aldinas da Biblioteca Nacional: séculos XV e XVI. Introd. de José V. de Pina Martins; catalogação Maria Valentina C. A. Sul Mendes e Margarida Cunha. Lisboa: BN, 1994.
♦  Erasmo na Biblioteca Nacional: século XVI. Introd. e notas José V. de Pina Martins; catalogação Maria Emília Lavoura. Lisboa: BN, 1987.
♦  Maria Emília Lavoura – «Christophe Plantin na Biblioteca Nacional de Lisboa». Revista da Biblioteca Nacional, S.2., vol. 5(2) 1990.
♦  Tipografia espanhola do século XVI: a coleção da Biblioteca Nacional. Coord. e org. Maria Emília Balio Lavoura; introd. Lorenzo Ruiz Fidalgo. Lisboa: BN, 2000.