Versão para impressão Enviar por E-mail
Save
fotohistorias2_banner

 

 

Biblioteca Nacional de Portugal

Serviço de Actividades Culturais

Campo Grande, 83

1749-081 Lisboa

Portugal

 

Serviço de Relações Públicas
Tel. 21 798 21 6821 798 21 68

Fax 21 798 21 38
Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Foto-histórias da História

A Panorama (1941-1973): um projeto editorial de propaganda

do Estado Novo, por Israel Guarda e José Oliveira

CICLO DE CONVERSAS | 8 out. ´19 | 17h30 | Sala Multimédia | Entrada livre

As temáticas do ciclo Foto-histórias da História, organizado por Filomena Serra (IHA - FCSH/NOVA), estão relacionadas com a exposição Fotografia Impressa e Propaganda visual em Portugal (1934-1974), patente na BNP de 20 de maio a 30 de agosto de 2019, e enquadram-se no projeto «Fotografia Impressa. Imagem e  Propaganda em Portugal (1934-1974)», financiado pela FCT e desenvolvido no IHA (FCSH/NOVA) e no DINÂMIA-IUL (ISCTE-IUL).


A apresentação explora a Panorama: revista portuguesa de arte e turismo (1941-1973) como um projeto editorial de propaganda do Estado Novo. O período de atividade de mais de 30 anos, em contextos políticos e culturais distintos, implicou significativos ajustamentos da publicação ao nível da imagem. Nesse sentido, pretende-se discutir os motivos para a sua criação e de que modo a orientação editorial evoluiu e foi permeável às diferentes direções e contextos político-institucionais do regime. Que repercussões daí resultaram sobre as temáticas e imagens fotográficas publicadas no decurso do tempo? Deste modo, procura-se um entendimento em tempo longo deste projeto editorial, das suas dinâmicas e processos, enquanto objeto cultural.

Israel Guarda integra presentemente, como bolseiro do IHA, o projecto Fotografia Impressa. Imagem e Propaganda em Portugal (1934-1974), financiado pela FCT [PTDC/CPC-HAT/4533/2014]. É licenciado em História, na variante de Arqueologia (2001), e Doutorado em História de Arte Contemporânea, pela NOVA FCSH (2016). Tem desenvolvido atividades de investigação, produção e curadoria de eventos. Participou em vários projetos de investigação, centrando as atenções sobre a produção de lugares na história urbana e na relação entre o ambiente construído e a organização social, no âmbito da qual tem realizado conferências e artigos. É membro integrado do Instituto de História de Arte.

José Oliveira é doutorado em História da Arte Contemporânea, pela NOVA FCSH. É investigador bolseiro do Instituto de História da Arte (NOVA FCSH) no projeto “Banco de Arte Contemporânea” (IHA-EGEAC-Fundação Carmona e Costa), e professor auxiliar convidado no Doutoramento em Estudos Artísticos (pela NOVA FCSH). Foi também professor de Fotografia e Cultura Visual noutras instituições universitárias e colaborador externo do Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, tendo produzido textos para diferentes catálogos e exposições.