Versão para impressão Enviar por E-mail

 

Biblioteca Nacional de Portugal

Serviço de Actividades Culturais

Campo Grande, 83

1749-081 Lisboa

Portugal

 

 

Informações

Serviço de Relações Públicas
Tel. 21 798 21 68

Fax 21 798 21 38
Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

 

 

 

 

bvirtual_cervantes

Novo portal de literatura hispano-portuguesa

NOTÍCIA |  setembro 2015

A Fundação Biblioteca Virtual Miguel de Cervantes (BVMC) inaugurou a 24 de setembro um novo portal dedicado à literatura hispano-portuguesa dos séculos XVI e XVII. Este novo espaço dá acesso a obras em espanhol de autores portugueses que viveram em Espanha ou que, sem deixar Portugal, publicaram nessa língua durante e após o período da dominação espanhola (1580-1640).

A lista de autores vai desde o condestável D. Pedro (1429-1466), que chegou a ser rei de Aragão e Conde de Barcelona até D. Francisco Manuel de Melo (1608-1666), autor de Guerra de Cataluña, passando por poetas do calibre de Francisco de Sá Miranda, Luís de Camões e Diogo Bernardes.

Coordenado por José Miguel Martínez Torrejón (Queens College, CUNY), este portal inclui mais de cem obras destes autores assim como uma ampla bibliografía sobre o tema, vários números da Península. Revista de Estudos Ibéricos, editada pela Universidade do Porto, e La Ilustración Ibérica, publicada em Barcelona entre 1883 y 1898.

Para a criação deste portal, a Biblioteca Virtual Cervantes contou com a colaboração da Biblioteca Nacional de Portugal, da Fundação Calouste Gulbenkian, da Biblioteca de Catalunya, da Bayerische Staatsbibliothek, de Munique, das universidades de Oxford e  Michigan, da New York Public Library, da Biblioteca Nazionale Centrale de Roma e da Google.

A Fundação Biblioteca Virtual Miguel de Cervantes, constituída em 2000 e presidida por Mario Vargas Llosa, gere a Biblioteca Virtual, a Cátedra Vargas Llosa e o Centro de Competência em Digitalização IMPACT. Nascida em 1999 por iniciativa da Universidad de Alicante, do Banco Santander e da Fundação Botín, a BVMC foi distinguida, em 2013, com o Stanford Prize for Innovation in Research Libraries.